ATIVIDADES

As atividades do grupo PET-EQ devem contemplar os três pilares:

Todas as atividades são programadas no início de cada ano letivo e ao final é apresentado um relatório do trabalho efetuado ao CLAA (Comitê Local de Acompanhamento e Avaliação), responsável por acompanhar e estabelecer critérios para avaliar as atividades de ensino, pesquisa e extensão desenvolvidas pelos grupos PET da Universidade Federal de Uberlândia.

PLANEJAMENTO 2022

RELATÓRIO 2021

PLANEJAMENTO 2021

RELATÓRIO 2020

PLANEJAMENTO 2020

RELATÓRIO 2019

PLANEJAMENTO 2019

ATIVIDADES DE CARÁTER COLETIVO E INTEGRADOR

Além das atividades de ensino, pesquisa e extensão, o grupo PET – Engenharia Química realiza atividades de caráter coletivo e integrador com o intuito de compartilhar experiências e fortalecer o espírito de equipe.

PET Integração

A atividade tem como proposta aproximar o grupo PET Engenharia Química de outros grupos PET da UFU, conhecendo melhor sua organização interna, atividades desenvolvidas e os desafios envolvidos em ambos os grupos, o que promove uma relação mútua de confiança e coletividade. Dessa forma, o PET Integração permite não só a oportunidade de adquirir conhecimentos de como organizar o grupo, como também, informações de métodos, plataformas, dentre outras ferramentas utilizadas pelo grupo alheio que podem melhorar as atividades internas. A atividade já contou com a participação do grupo PET Agronomia e PET Biologia do Campus Pontal ambas no formato remoto pela plataforma Google Meet.

Ciclo de Debates

O objetivo desta atividade é promover o debate e a discussão de temas variados entre os integrantes do grupo PET Engenharia Química. Devido à alta carga horária e à dificuldade do curso de Engenharia, muitos discentes não conseguem reservar um tempo, em sua rotina, para se dedicar à leitura de livros, aos noticiários, ao cinema ou outros assuntos de seus interesses. Por esse motivo, os membros se propõem a organizar e realizar o Ciclo de Debates, com a finalidade de estimular a aquisição de novos conhecimentos e trabalhar com a cultura e sua relação com a sociedade.

Os objetos de debate escolhidos para cada discussão podem variar de assuntos diversos e livres a técnicos-científicos. Os debates visam desenvolver o senso crítico e incentivar a prática da leitura e entendimento dos petianos, por permitirem aos integrantes do grupo adquirir conhecimentos nos mais diversos domínios por meio das discussões dos assuntos tratados.
 

Capacitação de Petianos

Para que um grupo dê o melhor de si para a comunidade acadêmica e externa, é necessário que, primeiramente, esteja bem internamente. Nesse sentido, são ofertados cursos de capacitações internas aos petianos ao decorrer do ano envolvendo diversas áreas que não são ofertadas em sala de aula, tais como o uso de softwares específicos, linguagens de programação, entre outros. O aprofundamento em certos tópicos tem como principal objetivo desenvolver habilidades técnicas e pessoais que são essenciais para o prosseguimento das atividades do grupo, que são elas, o conhecimento de diversos assuntos para fazer com que seja possível a melhor transmissão das atividades do grupo, além de diversos pontos de melhoras aos membros da equipe.

Participação em eventos relacionados ao PET

Para um bom funcionamento do programa, certas atividades devem ser realizadas pois fortalecem o trabalho em equipe, aumentam a união e provocam discussões, troca de experiências e aprendizados em relação à diversos temas. Nesses eventos são criadas salas de debates para que os petianos de diversos cursos interajam e discutam temas relacionados ao desenvolvimento e manutenção do programa propostos para a sala em questão. Além disso, encontros como o SudestePET, ENAPET, e InterPET, promovem apresentações acadêmicas do PET contribuindo para o desenvolvimento social, coletivo e integrador, tendo em vista o ensino, pesquisa e extensão que são pilares de todo grupo PET.

PET Intercâmbio e Ajuda-me que eu te Ajudo

O PET Intercâmbio surgiu como uma proposta do InterPET UFU e tem o objetivo de integrar os grupos PET por meio de uma atividade na qual um petiano do grupo participa da reunião de outro grupo PET sorteado. A atividade tem como objetivo conhecer melhor a organização interna do grupo, suas atividades propostas e metodologias feitas no seu desenvolvimento, assim é possível integrar os grupos PET de uma forma geral.

Já a atividade Ajuda-me que eu te Ajudo é realizada com o intuito de promover uma troca de conhecimento entre grupos PET ou outras entidades do curso, tendo em vista que o objetivo principal é a ampliação das habilidades técnicas e de aprendizado dos participantes de ambos os grupos. Dessa maneira, são selecionados softwares, minicursos, materiais didáticos ou técnicas referentes às necessidades de cada grupo.

Atividades de Integração PET Engenharia Química

Visando diminuir as preocupações da vida pessoal e pensando na saúde mental da equipe, são realizadas integrações internas no grupo em que todos os integrantes se reúnem junto com o tutor para reuniões descontraídas.

Um jogo ou atividade é proposto para ser realizado com os novos membros, deste modo, além de ser um momento de descontração para equipe, é também um momento de contextualizar os novos integrantes sobre a forma de trabalho do grupo e poder conhecê-los melhor através de uma dinâmica de integração. Além disso, uma atividade de final de ano é realizada pelo grupo com o intuito de promover a união dos integrantes e demonstrar gratidão pelo trabalho em conjunto executado durante o ano.